Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2019

AFETIVIDADE E APRENDIZAGEM

Imagem
Antes do Piaget, os aspectos biológicos eram os únicos observados de forma concreta, até que finalmente nós entendemos que somos seres bio-psico-sociais,  o que significa dizer que somos modelados a partir do convívio, do contato com o outro, já que até os 6 anos de idade o mundo é aquilo que dizem que ele é.
O educador precisa estar disposto a abraçar essa criança em sua integralidade, sabendo que as experiências positivas e negativas emocionais influenciam diretamente nas conexões neurais, no desenvolvimento e aprendizagem dessa criança.
Desde o ventre da mãe até aproximadamente 6-7 anos, os vínculos que a criança estabelece com as pessoas que estão no seu entorno podem favorecer ou atrapalhar o desenvolvimento intelectual e emocional. E nos primeiros três anos de vida é que acontece o grande boom do desenvolvimento infantil, por isso os primeiros cuidadores são considerados essenciais nesse processo! E a gente tem que aproveitar toda essa potência, porque a intensidade da aprendiz…

BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Imagem
O brincar na Educação infantil para a Psicologia nos traz um contexto diferenciado, do brincar comum.
Independente da abordagem que o profissional atua, como psicólogos entendemos que através do brincar, as crianças expressam os seus sentimentos, pensamentos e os elaboram. É o que nós psicólogos chamamos de ludoterapia. Se trata de um brincar diferenciado, onde suas vivências, seus traumas, são expressos de modo espontâneo, simples e genuíno. Com muita espontaneidade a criança escolhe um brinquedo, uma brincadeira específica, cria histórias e escolhe papéis (personagens) nos quais deseja desempenhar, faz desenhos e utiliza cores específicas para pintar, na manipulação do brincar com a massinha... Tudo no brincar da ludoterapia expressa uma realidade emocional. 

O brincar na psicologia é um brincar com significado, onde nada é descartado
Nesse brincar tão natural, a psicologia vê uma história de vida sendo retratada e a tentativa da própria criança de elaboração, ou seja, de vencer o traum…

VOCÊ FALA, FALA E NÃO ADIANTA... O LIMITE ENERGÉTICO!

Imagem
Você fala, fala e não adianta...
Você se empenha ao máximo em executar com excelência técnicas de disciplina positiva, comunicação não-violenta e de outras linhas focadas em uma parentalidade mais positiva e – quando se percebe – está sufocada, frustrada, e muito mais irritada do que antes.
Você joga todas as “boas técnicas” para as cucuias, e impõe punição e castigo mesmo. Ficou sem recursos...
Você se vê sem forças para lidar com o problema.
O problema se tornou muito maior do que você. Intransponível.
Você desistiu. Deixou para lá.
Por um tempo.
Porque depois que recupera o fôlego, volta com tudo novamente. “Agora esse limite vai entrar de qualquer jeito”.
Nova frustração.
Novo ciclo.
E não termina.
Não resolve.
O limite não se estabelece de maneira nenhuma.
E a criança? Não está nem aí... Parece que não te escuta mesmo. Nem é com ela... (o que dá mais raiva em você, por sinal). “Mas então é essa criança que está com problema! Ela que não obedece. Que não aceita. Que não come. Que não dorme. …

ADAPTAÇÃO EDUCAÇÃO INFANTIL

Imagem
Adaptação na Educação Infantil
Mês de volta às aulas e período de adaptação e readaptação nas escolas, momento delicado e importante principalmente para as crianças de 6 meses a 3 anos.
Os novos alunos foram acolhidos pelas professoras, auxiliares e pelos alunos antigos. Juntos, brincaram nos espaços externos, realizaram atividades lúdicas e participaram de contação de histórias.
As Famílias podem ficar tranquilas e seguras, pois a Catavento respeita e valoriza a individualidade de cada criança.


Confiram algumas dicas que podem ajudar a tornar o processo mais tranquilo e positivo:
DICAS PARA O PERÍODO DE ADAPTAÇÃO
Quando a criança entra na escola, não é só ela quem está em adaptação, mas também a família e a própria escola. É uma situação nova para TODOS.A separação, apesar de necessária, é um processo doloroso tanto para a criança quanto para a mãe e/ou pessoas do convívio diário da criança.Nos primeiros dias, é fundamental que alguém que represente uma figura de c…

EDUCAÇÃO CONSCIENTE

Imagem
EDUCAR-SE PARA EDUCAR, UM CAMINHO DE AMOR E CONSCIÊNCIA!


É muito difícil criar filhos, e para quem é pai ou mãe esse é o trabalho mais importante da vida. Até pouco tempo, não havia treinamento para esse trabalho.
Treina-se para ser pedreiro, para ser médico, para ser professor, porém para o trabalho mais valioso que é o de criar nossos filhos, tendemos a agir por instinto, ou usamos ferramentas aprendidas pela forma com a qual fomos criados.
Hoje já podemos fazer diferente! Podemos melhorar nossas aptidões maternas e paternas para ajudarmos as nossas crianças a serem cooperativas, autodisciplinadas e com boa capacidade de resolver problemas!
Talvez assuste a alguns o que tenho a apresentar! Para oferecermos possibilidades de termos filhos com habilidades de vida social não se lança mão de ferramentas baseadas em punições (gritos, castigos e tapas), chantagens ou recompensas.Já foi comprovado pela Neurociência que o cérebro humano não responde bem com esses tipos de ferramentas.
Cito …

TOQUE AFETIVO

Imagem
Em tempos de mentes com altos desempenhos, produtividade máxima e assertividade é comum nos distanciarmos da fantástica capacidade humana de contemplação.  O mal que a aceleração excessiva nos causa já é medido e medicado, mas porque hesitamos em nos precaver?
Cuidar do silêncio criativo e da imobilidade produtiva na infância e na adolescência promove conforto e bem-estar para nossos pequenos humanos.
Através da massoterapia, de exercícios de respiração profunda e de práticas de mentalização positiva crianças e adolescentes brincam de se cuidar, reunindo corpo, mente e emoções para colaborar na construção de pessoas mais ocupadas com seus pensamentos e ações no presente.
E o futuro? Será quando o presente chegar.
#toque_de_mae_rj #cuidandodequemcuida #fomedeque #vaiterfuturo "

MarianaCecchetti Contato: @toque_de_mae_rj
Telefone: (21) 988396903

A IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Imagem
A educação infantil é o período escolar que abrange desde a creche até a pré-escola e crianças dos 4 meses até os 6 anos de idade. Esta fase é representada pelo marcante e importante amadurecimento das habilidades motoras, corporais, da linguagem e das habilidades sociais relacionadas à alimentação.
A escola de educação infantil, enquanto local de ensino que é possui um papel fundamental na educação nutricional e formação de bons hábitos, pois é lá que a criança passa grande parte do seu dia. E essa educação alimentar na escola começa através de uma oferta de cardápios equilibrados e variados que, além de atenderem as necessidades nutricionais das crianças, atuarão como um estímulo para que provem diferentes alimentos, que muitas vezes não têm contato em suas casas.
Uma boa alimentação na escola (e também em casa, claro) é fundamental para a saúde e o bom desenvolvimento das crianças, influenciando diretamente no aprendizado, na concentração, no prazer de estudar e no seu crescimento e…

DISCIPLINA POSITIVA

Imagem
Se você é mãe, ou está prestes a ser com certeza conhece a frase: "cólica de bebê é mole, difícil mesmo é educar". Verdade, educar talvez seja um dos maiores desafios da maternidade. E são vários os motivos que nos levam a pensar assim, podemos listar alguns deles.
* estamos aprendendo a ser mãe; * cada criança é uma criança e os temperamentos são diversos;
* temos um modelo meio que 'padrão" já cultural e costumeiro;
* coleção de palpites;
* muita dúvida entre tantos outros.

Apesar de não ser realmente a tarefa mais fácil do mundo, educar nossos filhos nos traz a oportunidade mágica de nos desenvolvermos como pessoa e não necessariamente deve ser uma atribuição só dos pais. A rede de apoio e a escola, principalmente, devem estar envolvidas nesse processo. Por isso a importância da observação da linguagem, filosofia, metodologia e ideologia na hora da escolha da escola das crianças.
A melhor escola é aquela que conversa com o olhar da família sobre a educação. O período qu…