Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2020

COMO FAZER UM DESENHO ANIMADO COM SUA CRIANÇA.

Imagem
Você já pensou em fazer um desenho animado dentro de casa? Pode parecer difícil, mas eu até acho que você já brincou disso na infância e se não brincou, vai amar brincar AGORA!
Você irá precisar de: 1 caderno ou um bloco de notas 1 caneta ou lápis Lápis de cor, se quiser incrementar
Passo 1: Escolha um desenho. Pode ser um bonequinho daqueles bem simples, com a cabeça redonda e o corpo de palitinho. Desenhe ele em pé, no canto inferior do bloco ou caderno.
Passo 2: Na próxima página, desenhe o boneco (ou outro desenho que você escolheu) com uma pequena mudança em algum movimento. Pode ser levantando um pouquinho o braço e começando a abrir um sorriso. Não mude muito o desenho, faça uma pequena mudança, e nas próximas páginas vá fazendo um pouco mais.
Passo 3: Depois de desenhar algumas páginas (eu sugiro + de 20), mostre a criança o efeito de mudança no desenho, passando o canto das páginas rápido.

SABE A JÚLIA?

Imagem
"Sabe a Júlia?"

Conversar com filho é muito bom. Recomendo a prática diária, desde sempre, desde bebê. Primeiro porque acompanhar a evolução do pensamento de uma criança é uma das coisas mais fascinantes que existem. Depois, porque é um caminho de proximidade e afeto que precisa ser aberto durante a caminhada.
Muitospaissósedãocontadequeprecisamabriressecaminhoquandoaadolescênciaseaproximaeacriança começa a se afastar. Não percebem que já percorreram a maior parte do trajeto que deveriam percorrer juntos. O novo adulto que nasce precisa construir a sua própria estrada, e não podemos construir por eles. Mas se a "estrada da boa conversa" estiver aberta, bem pavimentada e cuidada desde sempre, ele volta. Nos conta sobre seus novos caminhos, e também quer ouvir o que pensamos. Sim, porque a boa conversa é aquela em que falar e escutar têm a mesma importância. Muitas vezes os pais se confundem, e acham que basta abrir o caminho da fala. Falam sobre o queécerto,sobreoquee…

A ESCOLHA DA ESCOLA DOS FILHOS!

Imagem
Escolher a escola dos filhos não é e nunca será tarefa simples. Cedo ou tarde, nos deparamos com a difícil missão que é decidir por qual caminho seguir em relação à educação dos nossos filhos. E, essa reflexão se intensificou nos últimos anos, em que existe um grande debate entre formar uma pessoa com competências técnicas, voltadas para o mercado, ou com competências sócio emocionais.
Na hora da escolha, a escola deve atender alguns requisitos, que somente a família, pode listar, seja proposta, logística, carga horária, incentivo ao esporte, etc. A forma de ensinar e aprender mudou bastante, com isso o dia a dia nas escolas também vem se transformando.
Existem inúmeros métodos pedagógicos utilizados: escola tradicional, escola construtivista, escola reggiana, escola Waldorf, escola montessoriana, etc. Antes de qualquer coisa, precisamos esclarecer que é um engano dizer que: “na escola tradicional existe disciplina, enquanto que na escola construtivista não há tantos limites e o aluno f…