O MUNDO DA PESSOA COM SÍNDROME DE DOWN





21 de março chegando, aquele dia que marca meu coração em dose dupla!
O MUNDO DA PESSOA COM SÍNDROME DE DOWN!! Aqui a pressa não entra!

Sabe quando colocamos um vídeo "slow motion" e as imagens ficam lentas?
O cérebro da pessoa com síndrome de Down trabalha mais ou menos parecido, precisam de calma para absorverem informações.

Eles ensinam o verdadeiro significado da palavra "paciência", e mostram que o diálogo sereno é o caminho.

Quando são "oprimidos" por algo que fazem de errado ficam arrasados, costumamos chamar de fase "cristal", frágeis e muitas vezes se quebram e travam algum desenvolvimento. Mas para não chegar ao ponto de "quebrar" o "cristal" , broncas precisam ser dadas para educar e não oprimir.

Entender o interior do cérebro do indivíduo Down é fundamental para saber lidar e não cometer erros irreversíveis.
A demora para sentar, engatinhar, falar, andar, sair das fraldas, comer sozinho, ler, escrever entre outras fases, fazem parte desse universo mágico, saber respeitar cada fase é engrandecedor para o indivíduo Down.

É muito mais fácil as pessoas do convívio dançarem conforme a música deles sempre, e não custa nada, não é mesmo?

Colocar a criança Down para fazer terapias em excesso é um erro comum de muitos pais, como se quisessem acelerar o relógio e igualar seus filhos com crianças sem a Trissomia, esquecendo que existe um tempo a ser respeitado, apreciado com sutileza e felicidade.
Terapias são fundamentais e indispensáveis, indica-se de 2 a 4 vezes na semana no máximo, até mesmo para não se tornar algo obrigatório e sim prazeroso, evoluir brincando!

São "cristais" muitas vezes por suas fragilidades, mas são considerados "diamantes" também, pela força de vencerem obstáculos com muita persistência e dedicação sempre.

Dancem essa música, poucos tem essa oportunidade! (Maternidade Down)


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CORONAVÍRUS

COMO FAZER UM DESENHO ANIMADO COM SUA CRIANÇA.