DOENÇAS DE INVERNO - COMO PREVENIR





Inverno, os meses mais frios do ano. Nestes meses existem características que justamente vão dar origem as chamadas "Doenças do Inverno". 

Estas características são:

a. maior proximidade das pessoas

b. menor ventilação de locais (transportes públicos, casas, escritórios, etc)

c. maior taxa de poluição ambiental

d.  baixa umidade relativa do ar

e. temperaturas mais baixas

f. menos exercícios físicos

Todos estes fatores tendem a aumentar os níveis de germes (patógenos) e diminuir a resistência física

As principais doenças nesta época do ano podem ser divididas em quatro grupos:

1. Ocasionadas por ácaros (fezes minúsculas)

rinite, asma

2. Fungos (bolores = mofos)

alergias, rinite, micoses

3. Bactérias

pneumonia, sinusite, amigdalite, otite, e outras ites

4. Vírus

Gripes e Resfriados

Como evitar estas doenças de inverno. Alguns procedimentos devem ser adotados:

1. Boa alimentação e muita água;

2. Fora de casa a umidade é muito bem aceita,  pois diminui a poluição ambiental. Dentro de casa, a umidade é terrível. Níveis acima de 70% de umidade vão facilitar a produção de alimentos para ácaros (a poeira doméstica tem cerca de 80% de pele humana, esta umidade alta vai possibilitar uma farta alimentação para os ácaros e sua multiplicação. Como consequência, temos uma grande produção de bolotas de fezes que, vão dar origem a asma e rinite. Evitar umidificadores ambientais, toalhas molhadas nos quartos, bacias com água. Ar condicionado é muito bem vindo, pois retira umidade do ambiente;

3. Eliminar focos de bolores - água sanitária tem um excelente efeito contra  bolores;

4. Casacos de lã, edredons guardados - deveriam ter sido lavados, muito bem secos e mantidos em sacos de TNT - tecido não tecido - se não foram mantidos desta forma devem ser lavados antes do uso.

5. Evitar bichinhos de pelúcia, livros antigos ou qualquer coisa que poderia guardar poeira nos quartos.

6. Ar condicionado - embora seja indicado, não devemos esquecer de lavar os filtros, quinzenalmente, pelo menos.

7. Exercícios físicos adequados e orientados tendem a aumentar a resistência.

8. Vacinação contra gripe - sobretudo para grupos de risco.

São procedimentos não trabalhosos, mas que devem ser condicionados dentro de uma rotina de vida. Estes vão melhorar a qualidade de vida não somente sua, mas de todos ligados a você.



Texto escrito por:

Roberto Martins Figueiredo

Dr. Bactéria / Microbiotécnica

Instagram:@drbacteriaoficial

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ADAPTAÇÃO EDUCAÇÃO INFANTIL

TOQUE AFETIVO

A IMPORTÂNCIA DAS FÉRIAS PARA AS CRIANÇAS