O BEBÊ COMPLETOU 1 ANO. E AGORA, COMO FICA A SUA ALIMENTAÇÃO?




Se a alimentação da família for variada e saudável, apenas inclua o bebê nessa rotina e ofereça a comida da casa em pequenos pedaços. Arroz, feijão com caroço, carne, frango, peixe, ovo...Pratinho colorido e variado, pouquíssimo sal, temperos caseiros (alho, cebola, cheiro verde, ervas frescas), frutas...

Agora, se os hábitos alimentares da casa não são dos melhores em termos de qualidade, vale repensar e modificar padrões para se adequar às necessidades do seu pequeno! Acho incrível quando antigos hábitos alimentares são alterados por conta da preocupação com a saúde dos filhos.

O bebê ainda mama no peito? Mantenha a livre demanda entre as refeições. Leite materno não interfere no apetite.

Importante ressaltar que aproximadamente a partir dos 12 meses o ritmo de crescimento diminui e o apetite também e o bebê passa a comer menos quantidade que antes.

Vale ainda relembrar que a qualidade do que será oferecido é você que escolhe e o bebê decide o quanto irá comer. CONFIE.

É nessa fase também que os bebês já percebem o que os adultos comem. Ou seja, é nesse ponto que seu filho começa a fazer escolhas baseadas no EXEMPLO. Se a família não come bem, isso se refletirá diretamente no seu padrão alimentar. É o caso de bebê que comia de tudo e passa a recusar determinados alimentos, pois não os vê no prato dos pais!

Orkanda Marques

Nutricionista

CRN4 02100595

CONTATOS:

Celular 21 96884 7039 (WhatsApp)


Instagram: @sabermaterno.nutricao

Facebook: sabermaterno.nutricao

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ADAPTAÇÃO EDUCAÇÃO INFANTIL

TOQUE AFETIVO

A IMPORTÂNCIA DAS FÉRIAS PARA AS CRIANÇAS